(51) 3269.5000 / (51) 99939.9392 relacionamento@hospitalar-ats.com.br

Gestão do Cuidado da Hospitalar ATS 

 

Gestão do Cuidado Hospitalar ATS

 

O desmame na atenção domiciliar (Home Care) consiste em tratar, reabilitar ou readequar funções, ou até mesmo quadros clínicos agudos e, quando possível, dar condições para que o paciente retorne aos afazeres da vida social.

Durante as etapas do desmame, ocorre a redução progressiva do tempo de assistência de enfermagem e dos demais profissionais de saúde, conforme a evolução do quadro clínico do paciente. Os familiares são envolvidos e treinados para que possam assumir os cuidados gradualmente, até a saída definitiva da equipe de assistência.

A perspectiva dos cuidados na atenção domiciliar (Home Care) deve reforçar a autonomia do paciente. Por esse motivo, é importante construir um plano de alta com metas estabelecidas para cada paciente.

Entendendo a importância do desmame do paciente domiciliar, em 2018 a a Hospitalar ATS implantou uma nova metodologia de trabalho, com a revisão e a avaliação multiprofissional de todos planos de atenção domiciliar dos pacientes, em acompanhamento nas modalidades de internação domiciliar (ID) e assistência supervisionada (AS).

De maneira sistemática e com participação de toda equipe multiprofissional, cada paciente teve metas e objetivos terapêuticos definidos a partir de critérios técnicos bem estabelecidos, com o acompanhamento sequencial em reuniões clínicas semanais de análise de plano de cuidado.

O resultado desse trabalho gerou uma discussão ainda mais ampliada para a metodologia da Gestão do Cuidado: inclusão do paciente, família e operadoras de saúde na proposta de desmame de serviços para adequação do plano de atenção domiciliar que correspondesse às reais necessidades dos pacientes.

Na leitura dos indicadores do segundo semestre de 2018, além da melhoria da qualidade assistencial e da segurança de todos profissionais no manejo dos casos, os dados confirmam o sucesso do trabalho em equipe: a taxa de desmames programados X desmames efetivados foi de 94%, considerando todos os pacientes em atenção domiciliar (ID e AS). Se analisada isoladamente a taxa de desmame em ID (lembrando que são pacientes na sua maioria de cuidados prolongados e com doenças crônicas), a Hospitalar ATS atingiu 80% de efetividade no desmame de serviços.

Os indicadores foram assertivos também em relação a desmame nos casos de liminares, grande calcanhar de Aquiles na condução de planos terapêuticos de pacientes em atenção domiciliar: 64% de desmame efetivado de serviços ofertados na modalidade de ID.

Acompanhamento que só se faz possível pela sistemática de trabalho adotada ao longo do tempo, pela constante qualificação da equipe de profissionais e pelo robusto sistema de informações, que permite o gerenciamento em saúde e respostas coordenadas.  Comprovando que fazer adequada gestão de saúde na atenção domiciliar faz toda a diferença para paciente, família, equipe e garante a sustentabilidade do sistema.

 

Maria Cristina Cachapuz Berleze

Médica Geriatra

CRM 24.707

 

Curtam nossas páginas e acompanhem as novidades.
FacebookInstagramLinkedin e fique por dentro das novidades.
Share This